Sobre o rio das inquietas águas

aguasQuando o mundo
Te deixar
Com lágrimas no olhar
Eu enxugarei

Nas aflições
No seu lado estarei
Se amigos não houver
Sobre o rio das inquietas águas
Eu me estenderei

Quando as ruas
São frias e hostis
E a noite cai tão cruel
Te confortarei

Como luar
Contra todas as sombras
Se a dor está ao redor
Sobre o rio das inquietas águas
Eu me estenderei

Sua luz de prata
Segue a navegar
Que o tempo é seu
Pra brilhar
Os teus sonhos estão por vir

Estão a brilhar
Se você quiser
Vou navegar com você
Sobre o rio das inquietas águas
Eu me estenderei

Anúncios

0 Responses to “Sobre o rio das inquietas águas”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




FAS Agenda

março 2009
D S T Q Q S S
« fev   abr »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Categorias


%d blogueiros gostam disto: